Rapariga de 20 anos raptou bebé no hospital

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Rapariga de 20 anos raptou bebé no hospital

Mensagem  Vitor mango em Dom Jun 15, 2008 10:38 am

Rapariga de 20 anos raptou bebé no hospital


DAVID MANDIM, JOANA DE BELÉM e ROBERTO BESSA MOREIRA





















Rapto.
Uma jovem de Felgueiras, com cerca de 20 anos, raptou ontem, às 14.35,
um bebé de um dia no Hospital Padre Américo, em Penafiel. Ao fim do
dia, a PJ localizou-a e resgatou o menino são e salvo. A criança voltou
aos braços dos pais, um jovem casal de Penafiel de quem é o terceiro
filho

Imagens de videovigilância fulcrais para PJ

"O bebé já apareceu. Agora está tudo bem . É uma grande alegria." Já
com o filho nos braços, Roberto Carlos Barros, pai do bebé de que ontem
foi raptado do Hospital Padre Américo, em Penafiel, expressou assim ao
DN o alívio que sentia, às 22.00, depois de ter passado, provavelmente,
a pior tarde da sua vida. O seu filho - o terceiro do casamento com
Vera Mónica, foi raptado às 14.35 por uma mulher do hospital. Cerca de
seis horas mais tarde, a PJ conseguiu localizar a raptora em Felgueiras
e resgatar o pequeno Sandro Gabriel são e salvo.

A raptora é uma mulher com cerca de 20 anos, natural de Cernande,
Felgueiras, onde residem os pais e onde foi detida. "É uma rapariga
normal, um bocado extravagante, mas nada fazia prever isto. Chegou a
estar grávida duas vezes mas não filhos", disse ao DN um vizinho dos
pais. A jovem vivia agora em Caíde, com um companheiro. A motivação
para o crime ainda não foi estabelecida.

Sandro Gabriel, com pouco mais de 24 horas de vida, desapareceu às
14.35, quando a mulher, que usava óculos, se apresentou, com uma bata
branca, na enfermaria onde estava o bebé com os pais. Disse que era
enfermeira e necessitava de pesar o bebé. Meia-hora depois o pai
estranhou e encontrou o berço no elevador. A PJ lançou de imediato uma
grande operação. Além dos testemunhos, existiam imagens nítidas de
videovigilância da raptora (percorreu várias alas do hospital antes do
rapto) e também havia pistas sobre a viatura usada. O DN sabe que as
portagens e outros pontos rodoviários foram postos sob vigilância e, ao
início da noite, a PJ localizou o bebé e deteve a mulher, pondo fim a
sete horas de angústia.

Foi o segundo rapto da maternidade do hospital do Vale do Sousa em dois
anos. Período durante o qual a administração não conseguiu implantar o
sistema de pulseiras electrónicas.

Sandro Gabriel Rocha Barros é o terceiro filho de Roberto Carlos
Barros, 24 anos, e Vera Mónica Rocha, 25, estava num dos quartos do
piso seis do Hospital Padre Américo. "Eu entrei às 15.00 e o bebé já
não estava lá. A seguir, a mãe saiu para registar o filho no Gabinete
do Registo Civil, situado no fim do corredor, e, pouco depois, chegou
uma enfermeira que perguntou ao pai onde estava a esposa e o bebé",
descreve Fernando Teles, pai de outro bebé que partilhava a enfermaria.

Perante esta pergunta, Roberto Carlos Barros informou a enfermeira que
o pequeno Sandro tinha sido levado por uma colega, facto que causou
estranheza e levou a que o bebé fosse procurado.

Por volta das 15.30, a alcofa de Sandro Gabriel foi encontrada num dos
elevadores do Hospital e o alarme de emergência de imediato accionado.

"A minha irmã ligou-me a dizer que o filho tinha sido raptado por uma
enfermeira. Ela disse-me ainda que nunca tinha visto a mulher que levou
o Sandro", revelou, junto à entrada principal da unidade de saúde,
Liliana Rocha, irmã de Vera Mónica.

Com todas as saídas seladas, as pessoas que se encontravam no interior
do Hospital foram retidas até depois das 17.30. "Ninguém nos perguntou
nada. Só nos revistaram os sacos à saída", afirmou Irene Moreira, que
se deslocou a Penafiel para visitar um cunhado. Também os
automobilistas que iam saindo do Hospital viam os seus carros serem
revistados pela GNR, assim como as ambulâncias que vinham do Serviço de
Urgência.

O DN sabe que a GNR de Penafiel recebeu sexta-feira uma denúncia de que
um rapto iria acontecer. A vigilãncia foi reforçada mas não evitou o
crime. A raptora está detida na PJ e será amanhã presente a tribunal. A
administração do hospital abriu um inquérito ao caso e recebeu à noite
um telefonema da ministra da Saúde, expressando solidariedade.
avatar
Vitor mango

Mensagens : 304
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rapariga de 20 anos raptou bebé no hospital

Mensagem  Vitor mango em Dom Jun 15, 2008 10:41 am

falta dizerem onde estava a criança
avatar
Vitor mango

Mensagens : 304
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum