Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

Mensagem  Admin em Dom Jun 15, 2008 5:32 pm

15 Junho 2008 - 14h41
“Afeganistão tem o direito de se defender”


Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

O presidente afegão, Hamid Karzai, declarou este domingo que o Afeganistão tem “o direito de atacar os refúgios dos terroristas” no Paquistão, de forma a defender-se.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 02/06/2008

Ver perfil do usuário http://vagadeliberdade.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

Mensagem  Rui Aguiar em Dom Jun 15, 2008 8:45 pm

Admin escreveu:15 Junho 2008 - 14h41
“Afeganistão tem o direito de se defender”


Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

O presidente afegão, Hamid Karzai, declarou este domingo que o Afeganistão tem “o direito de atacar os refúgios dos terroristas” no Paquistão, de forma a defender-se.

Efectivamente este mundo pós Bush ficou perfeitinho. Bem arrumadinho. Tudo pronto para um confronto entre dosi países que têm a Antónia.... Bonito.
avatar
Rui Aguiar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/06/2008
Idade : 74
Localização : Cascais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

Mensagem  RONALDO ALMEIDA em Dom Jun 15, 2008 8:56 pm

Esperem OBAMA (DIZ QUE NAO HESITARIA BOMBARDEAR O paquistao Laughing Laughing ) OU MACCAIN!!! Ainda vao ter saudades de BUSH!!

RONALDO ALMEIDA

Mensagens : 190
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

Mensagem  Rui Aguiar em Seg Jun 16, 2008 11:49 am

Semeando ventos, colhendo tempestades





Há dias, onze elementos das forças paramilitares paquistanesas foram mortos, aparentemente por engano, durante um combate entre tropas americanas e insurgentes Taliban, que admitiram a perda de oito combatentes, para além de nove feridos. Tudo indica que um ataque aéreo americano tenha causado a morte dos paquistaneses. Estes últimos pertenciam ao Frontier Corps, uma força composta por 85.000 homens recrutados entre as tribos Pashtun que conhecem bem a região fronteiriça (onde estão em casa), de difícil acesso, e apenas sob ténue controle por parte do governo central paquistanês. As reacções iniciais do governo paquistanês a este episódio foram ferozes: as forças armadas classificaram o erro americano de "acto gratuito e cobarde." Este caso revela a fragilidade das relações entre o Paquistão e os EUA. Mas também diz muito sobre a instabilidade e a confusão que grassam na região fronteiriça entre Paquistão e Afeganistão. Se por um lado é verdade que esta região nunca foi domada por nenhuma estrutura administrativa moderna, não deixa de ser chocante a degradação da situação nos últimos anos. E não é segredo para ninguém a ambiguidade das forças de segurança paquistanesas em relação aos Taliban. Por um lado, o regime de Musharraf dedicou-se esporadicamente à repressão dos insurgentes no lado paquistanês da fronteira. Por outro, nunca se dissiparam as suspeitas de que a Inter-Services Intelligence (ISI), os serviços secretos militares paquistaneses, não romperam completamente com os seus aliados da era pré-9/11: os Taliban. Esta ambiguidade tem sido alimentada pelo jogo duplo de Musharraf. Este apresentou-se como aliado dos EUA na 'guerra contra o terrorismo', ao mesmo tempo que protegia e fomentava todo o tipo de partidos islâmicos radicais, com o objectivo de manter os partidos moderados - PPP (de Benazir Butto) e PML-N (de Nawaz Sharif) - arredados do poder, e enfraquecer as instituições que lhe podiam fazer face. Muita gente me disse no Afeganistão que a estabilização do país passava tanto por Islamabad, como por Kabul... E o apoio cego que Washington tem dedicado a Musharraf desde 2001 - guiando-se pelos imperativos de curto prazo da 'guerra contra o terrorismo' - tem contribuído para a sobrevivência de um regime que nada fez para promover o desenvolvimento sustentável do Paquistão, fortalecer o seu incipiente Estado de Direito, ou diminuir a impunidade com que militares, paramilitares e serviços de segurança oprimem a população e saqueiam os recursos do país: tudo factores que contribuem para a violência do radicalismo religioso e... para a eterna instabilidade da região fronteiriça com o Afeganistão. [Publicado por AG] [16.6.08]

"Causa Nossa"
avatar
Rui Aguiar

Mensagens : 135
Data de inscrição : 04/06/2008
Idade : 74
Localização : Cascais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Karzai ameaça atacar rebeldes no Paquistão

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum