Leia cronologia do seqüestro de Ingrid Betancourt

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leia cronologia do seqüestro de Ingrid Betancourt

Mensagem  Admin em Qui Jul 03, 2008 9:39 pm

Leia cronologia do seqüestro de Ingrid Betancourt
Publicidade
da France Presse, em Bogotá
colaboração para a Folha Online

A política franco-colombiana Ingrid Betancourt, três americanos e 11 militares colombianos foram resgatados das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) por tropas colombianas, declarou o ministro da Defesa Juan Manuel Santos nesta quarta-feira.

Santos afirmou que todos os ex-reféns estão em estado de saúde razoavelmente bom após os anos que passaram na selva colombiana.

Leia alguns dos principais acontecimentos em relação ao caso:

2002

23 de fevereiro: as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) seqüestram Betancourt, candidata à Presidência, e sua coordenadora de campanha, Clara Rojas, perto de San Vicente del Caguán, 740 km ao sudeste de Bogotá

27 de fevereiro: a guerrilha se oferece para libertar Betancourt em troca de rebeldes presos

26 de maio: Betancourt obtém 0,5% dos votos na eleição presidencial

23 de julho: as Farc divulgam um vídeo de Betancourt gravado no dia 15 de maio

7 de agosto: Alvaro Uribe assume a presidência, partidário da linha dura com a guerrilha

15 de novembro: Uribe revela um plano para enviar rebeldes presos ao exterior, com apoio da França, em troca da libertação de seqüestrados

3 de dezembro: as Farc exigem que dois departamentos (cerca de 115.000 km²) sejam desmilitarizados para negociar uma troca

2003

28 de abril: a guerrilha designa três negociadores

9 de julho: a França envia um avião a Manaus, no Amazonas, para uma eventual libertação de Betancourt, em uma operação secreta que fracassa

30 de agosto: Betancourt aparece pela segunda vez em um vídeo, gravado em maio

2004

2 de dezembro: o presidente colombiano perdoa 23 guerrilheiros para retomar negociações para um acordo humanitário

3 de dezembro: as Farc pedem a liberdade de 500 rebeldes presos em troca de reféns e a desmilitarização de um território de 800 km², que inclui os povoados de Florida e Pradera

2005

13 de dezembro: França, Espanha e Suíça propõem negociar a troca em uma pequena propriedade rural no sudeste da Colômbia com observação internacional. Uribe aceita

2006

2 de janeiro: as Farc dizem desconhecer a proposta européia e consideram que negociar seria favorecer Uribe, que aspirava a ser reeleito

29 de maio: Uribe é reeleito para um segundo mandato

24 de setembro: as Farc divulgam um vídeo de 12 deputados reféns. Um chefe rebelde assegura que Betancourt vive nas mesmas condições que os guerrilheiros

28 de setembro: Uribe anuncia a disposição de desmilitarizar Florida e Pradera

20 de outubro: o governo suspende as aproximações, devido à explosão de um carro-bomba atribuída às Farc, em uma universidade militar em Bogotá

31 de dezembro: o ex-ministro Fernando Araújo, um dos reféns das Farc, escapa no meio de uma operação militar ao norte da Colômbia. Em fevereiro, ele é nomeado chanceler

2007

30 de janeiro: Uribe diz à cúpula da polícia que 2007 será um ano "crucial para resgatar os seqüestrados". O governo francês e a família de Betancourt se opõem a uma operação militar

28 de abril: o policial John Frank Pinchao, que partilhava o cativeiro com Betancourt, consegue escapar e conta que ela permanece em um acampamento na selva do sudeste da Colômbia

6 de maio: em seu primeiro discurso após ser eleito presidente da França, Nicolas Sarkozy afirma que não esquecerá da sorte de Betancourt

1º de junho: Uribe começa a libertar mais de 120 guerrilheiros das Farc, entre eles o chamado "chanceler" do grupo, Rodrigo Granda, cuja liberdade foi solicitada por Sarkozy

28 de junho: as Farc anunciam que 11 deputados reféns morreram em um "fogo cruzado com um grupo militar não identificado". Uribe as acusa de assassinato

2 de agosto: Uribe se diz disposto a negociar em três meses a paz com as Farc, mas a guerrilha recusa a oferta

15 de agosto: Uribe nomeia a senadora opositora Piedad Córdoba como facilitadora para a troca

17 de agosto: Chávez aceita fazer a mediação entre as Farc e Uribe mas, em seguida, é afastado pelo presidente colombiano do papel de mediador

2008

27 de fevereiro: um dos três ex-parlamentares libertados pelas Farc, Luis Eladio Pérez Bonilla, denuncia a situação degradante vivida por Betancourt na selva

29 de março: o presidente colombiano visita a região onde Ingrid Betancourt estaria, o povoado de San José del Guaviare (400 km ao sudeste de Bogotá), capital do departamento de Guaviare.

O padre Manuel Mancera confirma que cerca de 200 guerrilheiros acompanharam Ingrid Betancourt a um posto médico na zona de Guaviare, na selva colombiana, no mês passado.

Ela sofreria de leishmaniose e hepatite.

Na véspera, o defensor público Vólmar Pérez já havia informado que Betancourt havia sido levada a um posto de saúde, na selva, devido ao agravamento de seu estado de saúde.

30 de março: França envia à Guiana um avião com equipe médica para Ingrid Betancourt.

2 de julho: Ingrid Betancourt é libertada pelo Exército colombiano.

Leia mais

http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u418551.shtml
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 207
Data de inscrição : 02/06/2008

Ver perfil do usuário http://vagadeliberdade.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum